2. dezembro, 2014Novidades Nenhum Comentário
article-image

Advento.
Tempo de espera…
Tempo de esperança!
“Ele” há de vir…
“Ele” virá…
“Ele” vem! Óh! Vem Emanuel – o Deus conosco!
Eis os grandes personagens que se destacam nesse tempo: Isaías, João Batista e Maria e com eles, três atitudes nos são propostas:
– A vigilância de Isaías:
“O Filho do Homem virá na hora em que vocês menos esperarem”
Velem e estejam prontas, pois não sabem quando chegará o momento. Como família que somos tenhamos um “projeto” que nos faça avançar no caminho da verdade, revisando nossas relações familiares. Por isso, queiramos buscar o perdão de quem ofendemos e vamos dá-lo a quem nos tem ofendido, para vivermos o advento em clima de harmonia e de amor fraterno.
Isaías levou a esperança e a consolação a seu povo. São Jerônimo o chama: o evangelista do A.T. Realmente ele é o grande profeta da esperança messiânica. Na 2ª parte (livro da consolação cap.40-45) ele anuncia a libertação, e fala de um novo e glorioso Êxodo e da criação de uma nova Jerusalém, reanimando assim os exilados. No capítulo 7 ele já anúncia a vinda do Senhor.
As principais passagens do seu livro proclamados no advento são um anúncio perene de esperança para homens e mulheres de todos os tempos.
A penitência de João Batista:
A conversão é a nota predominante da pregação de João Batista.
“O maior entre os que nasceram de mulher” – disse o próprio Jesus.
“Preparem o caminho, Jesus chega” – Qual poderia ser a melhor maneira de preparar esse caminho que busca a reconciliação com Deus? João aponta para Jesus como o Cordeiro que tira o pecado do mundo.
João Convida à conversão na espera vigilante, preparando nosso coração para o natal com aquela mudança de direção em todos os aspectos da nossa vida. João Batista é modelo dos consagrados a Deus, no mundo de hoje, chamados a serem profetas e profetisas do Reino, vozes no deserto e caminho que sinaliza para o Senhor, permitindo na própria vida o crescimento de Jesus e a diminuição de si mesma, do pecado e da rotina estéril.
O Testemunho de Maria – a mãe do Senhor:
Ela que viveu intensamente o primeiro advento.
Ela a mãe do Senhor viveu servindo o próximo e vive ajudando a nós mensageiras de seu Filho.
O “Sim” de Maria na anunciação: “Faça-se em mim, segundo a sua Palavra”, colaborou decisivamente para que o Filho de Deus assumisse nossa carne e habitasse no meio de nós. Maria responde na sua pequenez: “Eis aqui a serva do Senhor”, resposta ativa e decisiva à vontade do Senhor. Graças à Maria, a serva do Senhor toda humanidade pode novamente se alegrar, pois o Emanuel chegou e volta a caminhar nas estradas do mundo com todos nós.
– Como o natal está tão próximo, reconciliemo-nos com Deus (por meio sacramental) e também com nossos irmãos e irmãs para esperar e celebrar a grande festa como família, mas também com nossos amigos e em Comunidade vivendo a harmonia, a fraternidade e a alegria de celebrarmos mais um natal – o Natal de 2015.
Aceitando Jesus em nossas orações.
Boas Festas e muito feliz Natal!

Madre Felicy

Comentários

Nenhum comentário.

Nome:
E-mail:
Site:
Comentar:
 Adicionar Comentário