Novidades
Graça Divina

Graça Divina

23. setembro, 2014NovidadesComentários desativados em Graça Divina

O ser humano foi criado para ser feliz, para a felicidade… Mas qual felicidade ter dinheiro, passear…viajar, ter o melhor carro, usar a roupa que esta na ultima moda…???
Não o ser humano foi feito de maneira toda especial-fomos feitos a imagem e semelhança de Deus, por isso não podemos nos contentar somente com a vida natural: comer, beber, dormir…- precisamos buscar a vida do outro – vida sobrenatural.
Satisfazendo somente a parte física, deixando de satisfazer a parte espiritual, o homem cria em si um desequilíbrio total em sua vida.
Para que o ser humano readquira seu equilíbrio total é preciso que ele procure um ideal completo que satisfaça totalmente a sua parte física e sua parte espiritual.
Quando o homem satisfaz somente o nível físico ele se compara ao cachorro, ao sapo…
Quando ao cotidiano, o homem procura seu verdadeiro ideal para o qual foi criado, então o homem se projeta no infinito. E poderá alcançar a felicidade total
A graça pode fazer grande o homem, pode eternizar o homem = A GRAÇA
A graça é a única realidade que engrandece o homem, que o faz aceito e amado por Deus para sempre.
A graça é a única grandeza, a única riqueza que vale a pena cultivar para adquiri-la e aumenta-la.
Diante de Deus o ser humano tanto vale quanto graça possui.
Graça não é uma ajuda, um socorro, um favor que a gente pede a Deus em outras circunstancias difíceis… não satisfação sentimentos, estas condições sensíveis não são a graça.
O que é a graça?
Gn 6,8 “ Noé encontrou graça diante do Senhor” Lc 1,30 “ Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus” .
Acontece que o ser humano pecador não pode agradar a Deus, é preciso pensar que o mesmo ser humano tenha recebido de Deus algo que é de Deus.
È preciso que Deus comunique a homem que agrada a Deus algo de divino.
São Paulo esclarece bem o significado deste algo
Rm 3,24 “Somos gratuitamente justificados pela sua graça”.
1 Cor 15,10 “ Pela graça de Deus sou o que sou”
Ef 4,7 “Cada um possui a graça conforme o beneplácito(consentimento, licença, aprovação) de Cristo”
A graça então é um dom que apaga em nós a mancha de pecado e nos dá uma nova perfeição, semelhante á perfeição de Deus.
Deus é perfeição, é santidade, é bondade, é amor. È vida total.
Pela graça, nós recebemos de Deus uma participação a esta perfeição, santidade, bondade, amor e vida de Deus. Porque Deus nos ama- ele nos torna agradáveis a Ele.
Ter a graça significa ser amado por Deus.
“Na criação Deus é amor que dá”
“Na graça Deus é amor que se doa”
Viver na graça de Deus significa ser abjeto de um amor especial e digno de Deus.
Perdemos compreender o que a plenitude da graça em Maria. ”Ave Maria, cheia de graça…” (Lc 1,28)
O que tem a graça significa que Deus encontra nele toda complacência, todo agrado, toda perfeição que se assemelha á sua perfeição divina.
A graça é um convite para ré- amar a Deus como Ele nos ama.
Qual é o efeito da graça em nós? Nos faz filhos de Deus- templos do Espirito Santo, nos incorpora e Cristo.
1 Jo 3 Considerai com que amor nos amou o Pai, para que sejamos chamados filhos de Deus.
Não somos somente criaturas, mas filhos de Deus.
Deus nos comunica a sua vida divina e nos faz participantes de sua mesma natureza-graça santificante.
De que modo somo filhos de Deus?
Exemplo – mesa – Filho
Nós somos filhos de Deus porque recebemos d`Ele a sua natureza divina. Aquela vida que Ele mesmo vive. Isto é o essencial em relação a graça.
Eis que agora podemos compreender porque Jesus nos ensinou a rezar a Deus o: Pai Nosso… Deus é um Pai de verdade, pois nos comunicou a sua natureza divina por meio de sua graça. E se somos filhos temos direito a herança de Deus nosso Pai – Herança – felicidade total na sua casa – o céu.A graça e Dom sobrenatural, isto é, não é devido á natureza humana, mas é dom de Deus, dado a mais pela sua bondade, porque Deus é amor.
A graça nos introduz em íntimos contatos de vida com as três pessoas divinas.
A graça faz habitar em nós o Pai, o Filho e o Espirito Santo. O cristão em graça é templo da trindade Santíssima.“Se alguém me ama, guardará a minha palavra e meu Pai o amará e nós viremos a Ele e NÉle faremos nossa morada” (Jo14,23) MANDAMENTOS
Se alguém me ama significa-se alguém possui a graça, viremos a Ele e n Ele faremos nossa morada. Deus em nós, nós em Deus. Constituímos uma única família. A família divina. Esta é a finalidade de toda a criação.
Não sabemos que o vosso corpo é templo do Espirito Santo (1cor 6,19). 1 Cor.3,17 Se alguém destruir o templo de Deus, Deus a destruirá. Porque o templo de Deus, que sois os vós é santo. Nós percebemos a sua presença em nós? De onde provem todos os nossos vazios, angustias, medos?…A graça nos faz frutificar em dias santos. Jo 15,16 “Não fostes vós quem me escolhestes, mas eu vos escolhi á vos e nos constitui para que vades e produzais frutos, e o vosso fruto permaneça, Sem Mim nada podeis fazer”.
1Cor 13,1-4 Ainda que eu falasse as línguas dos homens e os anjos….
O que diviniza todos os nossos atos bons é a bondade, o qual é fruto da graça. Mc 10,42 “Nem um copo d agua dado por meu amor, ficará sem recompensa. Santa Catarina de Sena“ Sereis recompensados não conforme o tempo e o trabalho, mas conforme o grau de amor que tenhais desempenhado os vossos afazeres”. Não se faz necessário realizarmos grandes obras, mas fazer as pequenas de cada dia com grande amor de Deus. A graça divina transforma estas pequenas coisas de nossa vida em grandes coisas para a vida eterna.
A graça é então a vida divina em nós, que cria em vós um ser humana novo, uma nova criatura que nos compromete com Deus (porque seus filhos) com Cristo porque seus irmãos e com o divino Espirito Santo (porque dele somos templos) e com o mundo inteiro (porque devemos levar a ele este ideal que é a vida da graça).

Caros amigos em Cristo Jesus

Caros amigos em Cristo Jesus

17. setembro, 2014NovidadesComentários desativados em Caros amigos em Cristo Jesus

Foi realizado nos dias 13 e 14 de setembro, mais um Retiro do Amor Divino para as Famílias, ao todo foram 85 pessoas que estiveram presentes nestes dois dias, sendo 54 retirantes e 31 pessoas trabalhando em prol das 14 famílias retirantes. Este ano o Retiro das Famílias teve como tema “Família: Futuro da Humanidade”; foram momentos ricos de reflexão e encontro pessoal com Jesus Cristo através de oração pessoal, da oração em família e da oração em grupo. Tivemos como temas para reflexão: a Família no Plano de Deu;, Matrimônio: Vocação para a Santidade; Família de Nazaré; Jesus Cristo modelo de fidelidade e obediência ao Pai; Família Santuário da Vida e da Fé Evangelizadora; Maria: Mulher atenta as necessidades dos Noivos e Família dom e compromisso. O Retiro das Famílias diferentemente do Retiro de Casais possibilita a participação de toda a família, os filhos com idade superior a 12 anos participam de todas as atividades junto de seus pais e para as crianças menores de 12 anos há uma equipe dedicada a eles o tempo todo; com atividades espirituais e de recreação de acordo com a faixa etária. Em alguns momentos dentro do Retiro há participação de todos juntos; os adultos com as crianças; e nestes momentos há emoção dos pais estarem junto de seus filhos é contagiante e a alegria em poder vivenciar este momento é uma experiência única. Nestes dois dias de Retiro pudemos experimentar o grande Amor de Deus, por cada um de nós: retirantes, dirigentes, equipe da cozinha, as irmãs mensageiras que nos acompanharam e de forma especial reconhecer o grande valor da Família e a necessidade de se viver este Amor para o Futuro da Humanidade seja construído por famílias irradiantes do AMOR DIVINO.

Ronaldo L Dias
Lemad e Coord. Retiro das Famílias

A Vida Religiosa comparada a uma Árvore

A Vida Religiosa comparada a uma Árvore

2. setembro, 2014NovidadesComentários desativados em A Vida Religiosa comparada a uma Árvore

Primeiro a semente é lançada na terra, se a terra for boa, fertilizada, produzirá bons frutos abundantes, saudáveis. Para isso acontecer a planta passa por um processo uma preparação da terra.

1 – Semear

2 – Regar

3 – Cultivar

Para á arvore nascer, alguém um dia semeou a semente, não importa quem foi. Se forem os pássaros ou alguém que plantou. Assim é a vida religiosa. Na família nasceu uma criança, filha de quem? Não importa o que importa é vida, e com cuidado, carinho, amor, acolhimento poderão dar bons frutos. São os dons, talentos, qualidades. A Vida Religiosa é esta árvore cheia de galhos, folhas, flores e frutos e o que sustenta raízes e tronco. A Vida Religiosa raiz é Jesus Cristo que é a cabeça, o centro, é aquele que sustenta e mantém viva. O tronco são os fundadores que seguem o mestre e foram inspirados por Ele com carisma e espiritualidade. Os galhos são os membros as Irmãs cada uma têm o seu lugarzinho, e as folhas, flores e frutos é parte da missão.

Para a raiz sentir a vontade ocupar o seu espaço ela precisa respirar, precisa de adubo. A vida religiosa também precisa deixar “Deus ser Deus em nós” abrir o coração à graça Divina. O adubo e água da Vida Religiosa são a espiritualidade, carisma e oração. Não precisamos de muita coisa só basta ter nossa congregação Mensageira do Amor Divino com um pé de “manga” cada Irmã ocupar o seu espaço, pois, tem galhos para todas inclusive para os novos galhos que vão surgindo, que são as novas vocações. Para a nossa mangueira continuar bonita, temos que ser beijas flores de regar e nos manter firmes na raiz e no tronco, de beber da fonte, sentar na sombra fresca. É nossa alegria a nossa gratidão de ser Mensageira do Amor Divino. Saborear do fruto é a missão surgindo efeito.

Volto a lembrar, não precisa de muita coisa, só fazer a sua parte sendo beija flor, ou se pode ser girafa que lança longe melhor, mas isso não disse que é mais ou menos importante mais família da grande árvore da vida que tem raiz firme no Amor Divino.

Cultivar a árvore é fácil: é cuidando, saber tirar as folhas que estão caindo, murchando, podar no tempo certo, ver se não está seca, ou se falta adubo. Vida religiosa é cultivar cada membro com carinho, respeitando a cultura e dons de cada uma, adubar com oração para manter fixa na raiz e no tronco. O nosso irradiar o Amor Divino está com suavidade e docilidade da Encarnação, Redenção e Eucaristia?

Encarnar na realidade do hoje com a missão a qual foi convidada chamada a encarnar o amor misericordioso de Cristo que morreu na cruz por amor a humanidade e ressuscitou, se faz presente na Eucaristia sacramento do amor na Palavra de Deus, nos Irmãos na Natureza.

Ir. Cristina Andrade Gomes MAD

PEGADAS NA AREIA (SAMUEL 3,1-21)

PEGADAS NA AREIA (SAMUEL 3,1-21)

2. setembro, 2014NovidadesComentários desativados em PEGADAS NA AREIA (SAMUEL 3,1-21)

Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, é um Pai presente que caminha conosco, mesmo as vezes que distrairmos ou não queremos caminhar, Ele está ao nosso lado dizendo: Filha (o) o caminho é por aqui, eu te conduzirei,pela mão só basta dar o passo eu te ajudo, eu te sustento, te seguro pelas as mãos e te digo. Vamos juntos o caminho é longo!

Como diz o Pe. Fabio de Melo em uma de suas pregações “só pode andar mil passos quem deu o primeiro passo.” Quem da o primeiro passo está no início da caminhada, está de prontidão, está aberta para fazer o caminho com Cristo; pode ser o caminho na praia e pode ser o Caminho do Calvário, não importa, o importante é caminhar de mãos dadas com o Mestre e fazer o processo de amor, de libertação de felicidade. Estar disposto (a) a andar livre, o que vai encontrar na caminhada é consequência do caminho.

Quando você se deixar conduzir por Ele sinta a brisa suave do mar. O fio condutor é deixar se guiar pelo Deus amor, misericórdia e perdão. Três passos importantes para a vida do cristão, que quer de Verdade Seguir as pegadas do Mestre, que ama infinitamente sem olhar qualidade ou defeito mais simplesmente amam, e ensina-nos a;”Amar uns aos outros como Ele vos amou”

Na Bíblia temos vários exemplos de chamados, entre eles destaque aqui o chamado de Samuel. Ele colocou-se a disposição “fala Senhor que teu servo escuta”. Podemos dizer que o chamado de Samuel foi, sim,pegadas na areia.

1º Ele ouviu: a escuta. Como está a nossa escuta, diante de uma sociedade que grita por todos os lados, que geme dor do parto? Somos surdos ou fingimos de surdo para não ouvir o clamor do povo que clama por libertação? “É para liberdade que Cristo nos libertou”.

2º Foi ao Encontro “correu onde estava Eli e disse: Aqui estou!” (Sm 3,5) Samuel se locomoveu e mesmo sem distinguir ou ter certeza de quem estava chamando dialogou com Eli. Voltamos ao passo Ele deu o primeiro passo, e começou o seu processo vocacional. Estamos atentos a Deus que chama a nos movimentar arregaçar as mangas, ir ao encontro, à luta do povo que sofre?

3º Obediência Samuel foi obediente e fez conforme Eli pediu, ao ouvir o chamado do Senhor. “Eli percebeu, então que era Javé quem estava chamando o menino. E disse:” vá e fique deitado. Se alguém chamar você de novo, diga “fala Javé que teu servo escuta”. (Sm 3,8-9). Somos obedientes a Deus, que nos chama a cada dia a assumir o seu projeto de amor, e ser presença Dele na sociedade?

Não importa a sua missão na Igreja ou na sociedade, desde o mais simples ou o mais alto cargo, o que importa é como você vai servir, qual a intensidade do teu amor ao serviço de Deus e dos irmãos? Servir ao Senhor com alegria, pois Jesus veio “para que tenham vida, e a tenha em abundância”! (Jo 10,10).

Como não dizer que nosso Deus é Deus de Oportunidades?

Deixa brilhar a luz que há dentro de ti!

Como está à luz que há dentro de ti? Está acesa ou apagada? Será que não está na hora de deixá-la brilhar, irradiar os seus raios de paz, de liberdade, de amor, de gratidão, de felicidade, de esperança ou possa ser que tem raios de tristeza angústia, infelicidades… Mas deixa-os saíram para dar espaços para os raios luminosos, pois ninguém acende uma lâmpada para deixar debaixo de mesa, mas sim para iluminar, clarear resplandecer luz e calor.

A sociedade anseia por rostos felizes por paz, por pessoas bem humoradas que querem uma sociedade mais justa e fraterna.

Ir.Cristina Andrade Gomes.

Ano Capitular em preparação ao VI Capítulo Geral Eletivo

Ano Capitular em preparação ao VI Capítulo Geral Eletivo

19. dezembro, 2013NovidadesComentários desativados em Ano Capitular em preparação ao VI Capítulo Geral Eletivo

“Com Jesus, caminhamos na fé, na unidade, renovando o nosso compromisso batismal”

As Irmãs Mensageiras do Amor Divino, desde janeiro de 2013 estão vivenciando o Ano Capitular em preparação ao VI Capítulo Geral Eletivo que acontecerá nos dias 12 a 19 de janeiro de 2014.

O Capítulo é um marco histórico na vida de uma Congregação Religiosa, pois os seus membros se debruçam a vivenciar e estudar, com intensidade, a Espiritualidade e o Carisma da família religiosa.

Nós, Mensageiras do Amor Divino, vivemos a Espiritualidade Alfonsiana que tem como chave central os mistérios de Cristo: Encarnação, Redenção e Eucaristia. Atualizamos dia a dia a nossa Espiritualidade na prática de nosso Carisma que nos pede para “Irradiarmos o Amor Divino”, fazer chegar aos corações humanos o amor misericordioso e infinito do Pai. Para isso, a Mensageira do Amor Divino deve ter uma vida de oração intensa, “deve primeiro ser concha para depois ser canal”. Não sem razão que recebemos como herança do Pe. Eduardo Moriarty CSsR, fundador de nossa Congregação, a Espiritualidade da Graça: “O centro, pois, do Carisma da Mensageira, é a GRAÇA DIVINA, a Vida de Deus em nós, pois vida da Graça é VIDA DE AMOR”.

Escolhemos como tema para o nosso VI Capítulo Geral: “Com Jesus, caminhamos na fé, na unidade, renovando o nosso compromisso batismal”, e como lema: “Quem permanece em Mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem Mim, nada podeis fazer” (Jo15,5).

Em nosso primeiro estudo, as comunidades refletiram um texto sobre a essência da Vida Consagrada, sendo a radicalidade do batismo vivida na fraternidade. No segundo estudo, meditamos o nosso Carisma a partir da Leitura Orante da Palavra de Deus e das Constituições MAD. Refletimos em comunidade, no terceiro estudo, a nossa experiência pessoal e apostólica de Deus. Após essa trajetória, as comunidades se reuniram por regiões – a partir da localização: Angola – África, Vale do Paraíba – SP, São Paulo – capital, Bahia e Paraná – para a realização de um Fórum Pré-Capitular com o principal objetivo de olhar as maiores riquezas e necessidades da Congregação e fazer propostas para serem estudadas e trabalhadas no Capítulo.

É um TEMPO DE GRAÇA! Sentimo-nos mais família, onde a distância geográfica é minimizada pela constante comunicação e pela busca de um mesmo ideal que é ver a nossa Congregação com mais entusiasmos para viver a nossa Espiritualidade e nosso Carisma.

Ir. Érika Maida – pela Equipe de Estudos Pré-Capitulares.

São Paulo, 10 de novembro de 2013.

Galeria de Fotos

Galeria de Fotos

27. agosto, 2013Destaque, NovidadesComentários desativados em Galeria de Fotos

Conheça um pouco mais sobre a nossa Congregação, veja nossa galeria de fotos.

Acompanhamento Vocacional Pessoal

Acompanhamento Vocacional Pessoal

22. agosto, 2013NovidadesComentários desativados em Acompanhamento Vocacional Pessoal

Para qualquer cristão, o interesse primário é descobrir a própria vocação e isto não é fruto de iniciativa pessoal, mas sim uma resposta ao chamado de Deus e é com imensa alegria que o batizado acolhe o plano de Deus a seu respeito que o caracteriza no mais íntimo e verdadeiro ‘eu’ que o leva a se reconhecer como filho amado do Pai e como único entre as criaturas. Mediante uma liberdade interior, toda vocação pessoal é um chamado a tornar-se plenamente consciente do desígnio amoroso de Deus que revela a cada um o significado da sua existência que o levará a assumir e se dedicar com a sua contribuição pessoal à história da salvação.

Saiba mais

O Retiro do Amor Divino e sua Dimensão Missionária

O Retiro do Amor Divino e sua Dimensão Missionária

22. agosto, 2013NovidadesComentários desativados em O Retiro do Amor Divino e sua Dimensão Missionária

“A Mensageira plenifica-se no Senhor, na alegria de ser salva, deixa-o transbordar para todos os que a rodeiam, fazendo-o mais conhecido e mais amado, multiplicando, com sua vida,os elos da grande corrente do Amor Divino”( Const. nº 18)

Saiba mais

O serviço de animação vocacional na Vida Consagrada

O serviço de animação vocacional na Vida Consagrada

22. agosto, 2013NovidadesComentários desativados em O serviço de animação vocacional na Vida Consagrada

1. A regra de ouro da Animação Vocacional

“O convite de Jesus: “Vinde ver” (Jô 1,39) permanece ainda hoje, a regra de ouro da pastoral vocacional. Esta visa apresentar, seguindo o exemplo dos fundadores e fundadoras, o fascínio da pessoa do Senhor Jesus e a beleza do dom total de si à causa do Evangelho. portanto, a tarefa primária de todos os consagrados e consagradas é propor corajosamente, pela palavra e pelo exemplo, o ideal de seguimento de Cristo, amparando depois a resposta aos impulsos do Espírito no coração dos chamados” (João Paulo II, Vita Cosecrata, – nº 64).

Saiba mais

Mensagem Final da XXIII Assembleia Geral Eletiva da CRB Nacional

Mensagem Final da XXIII Assembleia Geral Eletiva da CRB Nacional

22. agosto, 2013NovidadesComentários desativados em Mensagem Final da XXIII Assembleia Geral Eletiva da CRB Nacional

Permanece conosco Lc 24, 29

Somos religiosos e religiosas reunidos na XXIII Assembleia Geral Eletiva, realizada em Brasília, nos dias 15 a 19 de julho de 2013, tendo como Lema Permanece conosco (Lc 24,29) e tema Vida Religiosa Consagrada Hoje.

Saiba mais